Hoje vemos a resolução online de conflitos aparecer nos mais variados domínios da tradicionalmente designada “resolução alternativa de litígios”, que agora transita para os ambientes electrónicos. E não é só a ideia de que conflitos que surgem online, devem ser resolvidos online. É antes toda a evolução da Sociedade da Informação que nos exige novos métodos, mais céleres, mais eficazes, e que garantam um melhor acesso à justiça. Vemos hoje a resolução online de conflitos alargar-se a uma enorme variedade de domínios, passando pela mediação penal, mediação familiar, resolução de litígios laborais, fiscais, de comércio eletrónico, direito desportivo, litígios envolvendo a Administração Pública, entre muitos outros.  Para além disso, confrontamo-nos hoje com os desafios colocados pela utilização das plataformas eletrónicas e da utilização da Inteligência Artificial (sobretudo através da utilização de sistemas de apoio à decisão) e as novas perspetivas que se abrem para o exercício das profissões jurídicas, nomeadamente com a intervenção de juristas (advogados, mediadores, árbitros) em procedimentos de resolução de conflitos que tiram todo o partido da tecnologia existente e que decorrem preferencialmente online.

O Congresso Internacional Meios de resolução alternativa de litígios Online teve o particular interesse de ser uma Conferência verdadeiramente internacional, com participações que se estenderam por 3 continentes diferentes, desde os Estados Unidos da América e Brasil até à Austrália, passando obviamente pela Europa, com representantes de Espanha, Holanda e Rússia, para além de Portugal, claro.

A publicação das atas deste Congresso é um elemento de enorme interesse para os investigadores e alunos que se interessam pelas matérias da Resolução de Conflitos no século XXI.

Editor Escola de Direito da Universidade do Minho | Centro de Investigação em Justiça e Governação

Autor(es) Almudena Valiño Ces / Anabela Gonçalves/ Andreia Barbosa/ Antônio Pereira Gaio Júnior/ Arno R. Lodder/ John Zeleznikow/ Cátia Cebola/ Cristina Alonso Salgado/ Eduardo Castro Marques/ Fernanda Calixto/ Fernando Martín Diz/ Fernando Viana/ João Nuno Barros Lorenzo Bujosa Vadell/ Lurdes Mesquita/ Margarida Santos/ Mikhail Bundin/ Aleksei Martynov/Patrícia Sousa Borges/ Ricardo Cunha/Rossana Martingo Cruz

Ano 2022

ISBN 978-989-53342-2-3

Disponível para download.

15 de Junho, 2022

Hoje vemos a resolução online de conflitos aparecer nos mais variados domínios da tradicionalmente designada “resolução alternativa de litígios”, que agora transita para os ambientes electrónicos. E não é só a ideia de que conflitos que surgem online, devem ser resolvidos online. É antes toda a evolução da Sociedade da Informação que nos exige novos métodos, mais céleres, mais eficazes, e que garantam um melhor acesso à justiça. Vemos hoje a resolução online de conflitos alargar-se a uma enorme variedade de domínios, passando pela mediação penal, mediação familiar, resolução de litígios laborais, fiscais, de comércio eletrónico, direito desportivo, litígios envolvendo a Administração Pública, entre muitos outros.  Para além disso, confrontamo-nos hoje com os desafios colocados pela utilização das plataformas eletrónicas e da utilização da Inteligência Artificial (sobretudo através da utilização de sistemas de apoio à decisão) e as novas perspetivas que se abrem para o exercício das profissões jurídicas, nomeadamente com a intervenção de juristas (advogados, mediadores, árbitros) em procedimentos de resolução de conflitos que tiram todo o partido da tecnologia existente e que decorrem preferencialmente online.

O Congresso Internacional Meios de resolução alternativa de litígios Online teve o particular interesse de ser uma Conferência verdadeiramente internacional, com participações que se estenderam por 3 continentes diferentes, desde os Estados Unidos da América e Brasil até à Austrália, passando obviamente pela Europa, com representantes de Espanha, Holanda e Rússia, para além de Portugal, claro.

A publicação das atas deste Congresso é um elemento de enorme interesse para os investigadores e alunos que se interessam pelas matérias da Resolução de Conflitos no século XXI.

Editor Escola de Direito da Universidade do Minho | Centro de Investigação em Justiça e Governação

Autor(es) Almudena Valiño Ces / Anabela Gonçalves/ Andreia Barbosa/ Antônio Pereira Gaio Júnior/ Arno R. Lodder/ John Zeleznikow/ Cátia Cebola/ Cristina Alonso Salgado/ Eduardo Castro Marques/ Fernanda Calixto/ Fernando Martín Diz/ Fernando Viana/ João Nuno Barros Lorenzo Bujosa Vadell/ Lurdes Mesquita/ Margarida Santos/ Mikhail Bundin/ Aleksei Martynov/Patrícia Sousa Borges/ Ricardo Cunha/Rossana Martingo Cruz

Ano 2022

ISBN 978-989-53342-2-3

Disponível para download.

15 de Junho, 2022